Os benefícios do tratamento de piscina com ozônio

Tratamento de água com ozônio

O tratamento de piscina com ozônio resulta em uma água de piscina mais saudável, esse é o ponto crucial do assunto. O tratamento de piscina com ozônio elimina todos os micro-organismos da água. Pessoas que possuem alergia ao cloro, por exemplo, poderiam banhar-se na piscina sem preocupações. Assim como as crianças, que possuem a pele mais sensível, ou bebem muita água da piscina, também, poderão ficar na piscina com muito mais segurança.

O ozônio tem sido usado em piscinas e spas nos países europeus desde a década de 1950 e nos Estados Unidos, inciou-se por volta de 1975. Hoje em dia, o tratamento de piscina com ozônio, é o tratamento de água mais usado pelos Estados Unidos (EUA) [1]

Benefícios do uso de ozônio no tratamento de água de piscina

O ozônio para tratamento de água traz muitos benefícios, veja alguns:

  • Deixa a água mais saudável para quem possui problemas alérgicos e respiratórios (rinite, asma, bronquite)
  • Não deixa os olhos ardendo
  • Previne micoses e outras doenças da pele
  • elimina todos os micro-organismos da água, inclusive o causador da inflamação do ouvido (otite)
  • Não deixa os cabelos esverdeados, nem mudam de cor
  • A pele não fica ressecada
  • Não descolore biquínis nem sungas
  • Não descolore piscina de vinil
  • Não deixa cheiro na água
  • Água livre de cloro (reduz ao mínimo determinado pelo governo)

Uso na Europa e Estados Unidos

  • Países europeus desde a década de 1950 e nos
  • Estados Unidos desde cerca de 1975.

Os europeus já estão tão acostumados com o ambiente de piscinas sem cloro, que um grupo de nadadores europeus, nos Jogos Olímpicos de Atlanta (1996), recusou-se a entrar em uma piscina clorada. Por conta disso, foi instalado posteriormente naquela piscina, um sistema de tratamento de Ozônio.[3]

A Alemanha já estabeleceu um padrão de qualidade para a água potável e água de piscina. Com o uso mínimo de cloro para tratamento de água e para substituir esse antigo sistema, implantou-se outros, dentre eles, um dos sistemas de tratamento de água escolhido pela Alemanha é o tratamento de água com ozônio.[2]

Piscinas tratadas com cloro – substâncias tóxicas resultantes da reação do cloro

Em piscinas tratadas com cloro, a água acaba herdando vários resíduos resultantes daquele tipo de  tratamento de água. Os gases cloraminas são um deles (substâncias tóxicas resultantes da reação do cloro com impurezas da água).

Os gases cloraminas irritam a mucosa das vias aéreas, causando crises de tosse e chiado, principalmente nas crianças, que são mais sensíveis e também nos lactentes.

Problemas de saúde ligados ao uso do cloro

Exitem várias evidências médicas sugerindo que a exposição a produtos químicos como o cloro e seus derivados é prejudicial à saúde

O tratamento de piscina com cloro resulta em cloraminas ou clorofórmio, que podem danificar o epitélio respiratório [4] e provocar o aumento da permeabilidade vascular e edema das membranas mucosas que revestem as vias aéreas e pulmões, os quais, podem resultar em reações inflamatórias severas. "Shorts Medicine [SPORTS MED.], vol. 21, não. 4, pp. 256-261, 1996

O corpo humano absorve meio litro de água da piscina a cada hora

Quando um banhista entra na piscina, seu corpo em determinado momento começa a absorver água da piscina. Em média, o corpo humano absorverá cerca de meio litro de água da piscina a cada hora.[5]

Nessa média de absorção de água, vemos o quanto é perigoso se banhar em uma água sem o devido tratamento.

Sintomas como olhos vermelhos e manchas vermelhas pelo corpo, são os efeitos mais imediatos e óbvios e devem ser considerados sinais de um risco muito mais grave para a saúde humana.

As melhores piscinas têm a qualidade da água em conformidade com os padrões de água potável.

Porque usar ozônio para piscina

O ozônio:

  • Mata bactérias,
  • Mata vírus
  • Mata protozoários tais como Giardia lâmblia[7] e organismos de Cryptosporidium que pode causar doença gastrointestinal grave e que o cloro é muito menos eficaz na eliminação desses micro-organismos.
  • Elimina odores piscina comuns aos sistemas de piscina tradicionais,
  • Oxida e destrói óleos e outros contaminantes em água.
  • É um pH neutro e não adiciona contaminantes à água.

Outros benefícios do Ozônio

Outros benefícios do Ozônio incluem:

  • Apoio na filtração da água: o ozônio auxilia na floculação[6] de resíduos orgânicos, aumentando assim a eficácia dos filtros de areia ou outros sistemas de filtração. Purificação de água.
  • O ozônio decompõe resíduos orgânicos por oxidação.
  • Saneamento de água.
  • O ozônio não utilizado reverte para oxigênio normal e permanece dissolvido na água até o ponto de saturação. Isso faz com que a água da piscina limpa fique brilhante e atraente.
  • O ozônio é produzido no local e não requer armazenamento ou transporte.
  • Ozônio impede carbonato de cálcio escala, limpa e também e impede que os sedimentos gordurosos se acumulem nos lados da piscina.
  • Ozônio tem um custo reduzido.
  • O ozônio é produzido eletricamente.
  • Ozonização elimina o surto de doenças transmitidas pela água.
  • Melhora o desempenho geral, saúde e qualidade de vida para os frequentadores da piscina.

Conclusao

O objetivo de qualquer tratamento de água de piscina é (ou deveria ser) fornecer um ambiente saudável para seus frequentadores.

A ideia desse artigo é apontar opções de tratamento de água de piscina ou até mesmo tratamento de água potável, provocando no leitor a pensar sobre a melhor escolha sobre o tratamento que ele usa da água de sua piscina.

O ozônio vem se mostrando como tornando um tratamento de água muito eficiente desinfetante.

O tratamento de água com ozônio, não só elimina a produção destes compostos, mas também aumenta a eficácia do seu sistema de filtração de água.

Referências

[1] http://www.ozonate.co.za/ozone-pool-faq.html

[2] http://www-personal.usyd.edu.au/~victor/SydneyWater.Proposal.html

[3] http://www.nytimes.com/2007/04/05/garden/05pools.html?_r=0

[4] https://pt.wikipedia.org/wiki/Via_respirat%C3%B3ria

[5] http://www.aquabrasil.info/curiosidades_5.shtml

[6] https://pt.wikipedia.org/wiki/Flocula%C3%A7%C3%A3o

[7]A Giardia lamblia, também chamada de Giardia intestinalis ou Giardia duodenale, é um protozoário que parasita os intestinos dos seres humanos, causando diarreia e dor abdominal

(http://www.mdsaude.com/2010/09/giardia-lamblia-sintomas.html)

Comentários


Veja nosso Blog